Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro
RECESSO PDF Imprimir E-mail
Ter, 16 de Junho de 2015 09:28

Atenção: o recesso do período junino, este ano, será realizado dos dias 20/06 a 26/06/2016 - ou seja: no dia 19/06, domingo, será a última reunião. E o retorno será dia 27/06/2016 (Segunda-feira).

Solicitamos aos assistidos que repassem esta informação aos outros que lhes são conhecidos.

 
ATENÇÃO PDF Imprimir E-mail
Seg, 11 de Abril de 2016 14:43

ATENÇÃO:

Informamos que, a partir de hoje, o horário de fechamento do portão será 10 min antes do início das palestras. Fora deste horário não será permitido a entrada, portanto, por favor, não gritem o nome da dirigente do portão.

Atenciosamente. 

 
Seminário Perispírito PDF Imprimir E-mail
Qua, 06 de Abril de 2016 08:04

 Este seminário é ainda mais especial pelo livro ter sido estudado como tema no último seminário realizado pelo querido pesquisador espírita kardecista puro Carlos Bernardo Loureiro em 27 de julho de 2006.

É sempre uma honra estudar os livros deste notável pesquisador que fez e faz tanto pela doutrina espírita, doutrina esta racional, ciência e filosofia com consequências éticas, tão divulgada esta definição pelo mestre de Lyon Allan Kardec.

Este livro é o resultado de décadas de estudos e pesquisas diuturnas com os fenômenos espiriticos sejam eles anímicos e ou mediúnicos. Além de desobsessão onde as conversas com os encarnado e desencarnadors, convivia-se com a situação psíquica, reações e resultados do tratamento de desobsessão no corpo e fora do corpo.

Neste tratamento muitas obras foram construídas com o intuito maior de esclarecer as pessoas da realidade do Espírito, da mediunidade, da lei natural, dos princípios existenciais: A Reencarnação, Imortalidade e Comunicabilidade dos Espíritos entre o mundo corpóreo e incorpóreo e desmistificar os condicionamentos terríveis criados pelas religiões e suas seitazinhas que sempre imprimiram no Espírito o atraso, a estupidez, o niilismo e, claro, a lavagem cerebral com o massacrante fanatismo e suas hipocrisias. Como afirmava o querido Bernardo: “chega a ser atávica esta aceitação”.

Aproveitem este seminário para se esclarecer sobre o quanto somos responsáveis por tudo que ocorre com o corpo físico e o psiquismo a partir do estudo deste livro: Perispírito: Natureza, funções e propriedades.

Cristiane Amaral

(15/02/2016 às 14h50min)

 
Mensagem PDF Imprimir E-mail
Qua, 06 de Abril de 2016 13:09

Leiam abaixo as mensagens enviadas no dia 31 de março, em homenagem a Allan Kardec, em referência a data da sua desencarnação.

 Hoje no dia 31 de março de 2016 comemoramos o dia da desencarnação de Allan Kardec, que codificou a Doutrina dos Espíritos, lançando em 18 de abril de 1857, o primeiro livro da codificação: O Livro dos Espíritos.

Agradeço muito ao mestre de Lyon, Allan Kardec, pelo estudo e conhecimento que ele nos proporcionou através dos livros da codificação. Também agradeço muito a Cris e a Bernardo por fazer parte do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro, poder trabalhar como médium, fazer parte das pesquisas, seminários, dos cursos de filosofia e ter acesso à livros desprezados pela maioria.

Abraços,

Pedro

 

Denizard Hipollyte Léon Rivail o codificador da Doutrina Espírita.
Hoje dia 31/03 vibramos para Allan Kardec. Um grande pesquisador, professor e bastante inteligente.

Kardec não inventou o Espiritismo. Nos proporcionou a partir do seu trabalho de pesquisa e da codificação, trazer livros esclarecedores. Escreveu obras como O Livro dos Espíritos, O Livro dos Médiuns, O Céu e o Inferno, A Gênese, A Revista Espírita entre outros, para que pudéssemos estudar e refletir sobre esta sociedade tão cansativa e transtornada que vivemos.

Dizer que Kardec é ultrapassado é uma hipocrisia. Vivemos em uma sociedade extremamente religiosa onde só impera estômago e sexo.
Os conhecimentos trazidos por Kardec  são para mudar nossos pensamentos, atitudes e a sociedade em que fazemos parte.

Um viva para este Espírito inteligente que um dia animou Allan Kardec.
Karoline Ornellas

Boa tarde para todos,

Quero falar um pouco sobre hoje.

Neste dia 31 de março homenageamos não apenas o criador da Doutrina Espírita, mas um dos pesquisadores dela. Allan Kardec, conhecido também como o mestre de Lyon.

Essa mensagem é para celebrar ele e a data de hoje que foi a data da sua desencarnação.

Agradeço a Allan Kardec, Carlos Bernardo Loureiro e Cristiane Amaral pelos esclarecimentos.

Matheus Ornellas

 

Hoje é o dia da desencarnação de um grande pesquisador Espírita, que nasceu dia 3 de outubro de 1804 e desencarnou dia 31 de março de 1869, vivendo 65 anos. Trabalhou e viveu a maior parte desses anos em Lyon, na França. Este Espírito é, como Camille Flamarion diz, “O Bom Senso encarnado”

Agradeço a Allan Kardec por codificar a Doutrina dos Espíritos, pois ele nos ajuda a entender que somos Espíritos e médiuns.

Agradeço também a Cris e a Bernardo por nos ajudar a entender a Doutrina dos Espíritos, pois em muitas aulas que tenho aos domingos no Instituto aprendo que as perguntas de Kardec de O Livro dos Espíritos são mais inteligentes e mais complexas que as respostas dos Espíritos.

Beijos,

Sophia

 

É com alegria e imenso sentimento de gratidão que presto minha homenagem a Allan Kardec, coerentemente denominado por Camille Flammarion de “O Bom senso encarnado”, neste dia em que comemoramos sua desencarnação.  Kardec desencarna no dia 31 de março de 1869, após ter prestado um enorme serviço de esclarecimento à humanidade, possibilitando ao Espírito conhecer a si próprio como Ser imortal, reencarnado e inteligente em imanência. Os benefícios do grande trabalho realizado pelo Mestre de Lyon, claro que acompanhado dos Espíritos da Codificação, vão além do mundo corpóreo, vem, ao longo dos tempos, beneficiando muitos Espíritos já desencarnados.

Agradeço a Allan Kardec por ter, tão despretensiosamente, se dedicado a este trabalho, de forma tão determinante e racional, por meio de perguntas absurdamente inteligentes e comentários esclarecedores, sem esquecer, claro, de observação feita por Carlos Bernardo Loureiro, nosso querido professor, de que as perguntas de Kardec nas obras da Codificação são mais inteligentes do que as respostas dos Espíritos. Agradeço pelas inúmeras provas de que a fé só faz sentido se for raciocinada, e pela certeza de que a Doutrina Espírita não guarda qualquer relação com religião, seja ela qual for. 

E a minha gratidão vai muito além ao constatar que não teria acesso às obras do Mestre de Lyon, e nem a tantas outras, que não teria a oportunidade de me esclarecer se não fosse o trabalho realizado por Cristiane Amaral no Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro, único trabalho que honra verdadeiramente a Doutrina dos Espíritos. 

Grande abraço a todos!

Cleane Reale

 

É com muito respeito e muita honra que homenageio hoje o Mestre de Lyon – Allan Kardec, pela data do seu desencarne.  Data esta, lembrada apenas por aqueles que não só respeitam o seu legado, mas acima de tudo, conseguem fazer dos princípios existenciais, tão divulgados por ele, o seu modo de viver.

Enquanto encarnado, defendeu com fundamentos racionais, baseados nos ensinamentos de Jesus, a pureza doutrinária do Espiritismo, em uma época que as religiões continuavam presentes com suas garras fedorentas, trabalhando, “inteligentemente”, para uma lavagem cerebral habilidosa, que deixou seus “frutos” na sociedade mais de um século e meio depois.

Muitas vibrações para esse Espírito forte, sério, racional, inteligente que, apesar de tantos ataques pessoais, não deixou que as conveniências fossem obstáculos na sua trajetória em divulgar a Imortalidade da Alma, a Comunicação entre  Espíritos encarnados e desencarnados e a Reencarnação.

Muito obrigada Kardec! Minha imensa gratidão a você!

Aproveito para vibrar também por todos os Espíritos inteligentes, racionais, sérios que continuam a divulgar e defender a pureza doutrinária do Espiritismo. Para aqueles que conheço pessoalmente, Carlos Bernardo Loureiro e Cristiane Amaral, minha imensa gratidão e muitas vibrações sempre!

Viva ALLAN KARDEC, “o bom senso encarnado”!!!

Um beijo e um excelente dia para todos!

Vianna

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gifÉ com muita honra que rendo hoje as minhas homenagens a Allan Kardec. Um homem que, através de muita e um desejo férreo, ambos pautados em uma convicção derivada da razão e não da emoção ou de um sentimentalismo barato, empregou o seu tempo, a sua existência para nos legar a codificação da Doutrina dos Espíritos. Uma ciência com conseqüências éticas, a única capaz de promover o desenvolvimento das potencialidades ontológicas dos Espíritos que animam os homens encarnados neste e em outros planetas, evitando assim a degenerescência das sociedades, tal como observamos hoje como resultado da humanidade ter virado às costas aos princípios existenciais.

Por isso externo a minha gratidão a este Espírito de escol, o chamado bom senso encarnado, pela sua determinação e perseverança, o que lhe exigiu por em risco o seu conforto e a sua saúde, para nos transmitir, de forma sistematizada, os conhecimentos desta ciência do Espírito. Também externo minha profunda gratidão a Carlos Bernado Loureiro, a quem tenho na conta de mestre, por ter me apresentado a esta ciência e me guiado no seu estudo, bem como a querida professora Cristiane Amaral por continuar a tarefa daquele que foi seu mestre quanto ao nosso esclarecimento e de tantos outros Espíritos que assim o querem.

Excelente dia para todos!

Ernesto Reis

 

Bom dia a todos,

A exatos 147 anos desencarnava o Mestre de Lyon, Allan Kardec, com o dever cumprido.

Homem íntegro, honrado, digno, honesto, o bom senso encarnado. 

Desde criança demonstrou a sua inteligência e a sua vontade de ajudar a todos que estavam a sua volta e precisavam de esclarecimento.

Foi um trabalhador incansável. Desdobrou-se para atender a todos que o procuravam, desesperados, por ainda acreditar nas invenções absurdas das religiões. 

Quantos Espíritos foram ajudados e passaram a compreender que não estavam loucos, eram médiuns, que não estavam mortos, pois a morte não existia, tinham somente se libertado do seu corpo fisico!!

Quantas pessoas se tornaram Espíritas e passaram a entender que os seus sofrimentos eram frutos dos erros perpetrados no passado e não fruto do acaso. 

Como agradeço por tudo que aprendi através das suas obras!!!!

Muitas vibrações para o Espírito que animou Allan Kardec!!!

Muitas vibrações também para todos aqueles que ouviram o Mestre e continuaram o seu trabalho.

Muitas vibrações para os Espíritos do ICECBL, em especial ao nosso Mestre Carlos Bernardo Loureiro, o amigo certo nas horas incertas.

Muitas vibrações para Cristiane Amaral, nossa dirigente guerreira, nossa professora, que com muita determinação vem nos estimulando ao estudo, a pesquisa, a disciplina e defendendo, sempre, a pureza doutrinária do Espiritismo.

 Um grande abraço,

Ivana

 

Olá Pessoal,
Muitas vibrações para o grande Espírito Allan Kardec - "O Bom Senso Encarnado", título que bem representa, O Mestre de Lyon.
Homem estudioso, corajoso, inteligente, dedicado e defensor dos Princípios Existenciais desta maravilhosa Doutrina durante toda a sua trajetória quando encarnado.
Suas ideias nos inspira, inspirou e continua inspirando diversos encarnados e desencarnados, " vida á fora".
Agradeçamos aos Espíritos do ICECBL, Carlos Bernardo Loureiro e Cristiane Amaral, por darem continuidade e divulgação do seu ideal Espírita, como também a nos esclarecer, ensinar, para que nos "tornemos"  Espíritas Kardecistas.
Obrigado Allan Kardec!
Um dia grandioso a todos.
Claudia Nobre

 

Muitas vibrações para o nosso querido mestre de Lyon Allan Kardec!

Homem digno, sério, estudioso. Através desse grande mestre ao longo das pesquisas realizadas que hoje temos a Codificação Espirita, essa belíssima doutrina! Esse imenso trabalho, nos revelado há alguns séculos por esse mestre! Como foi chamado Mestre de Lyon! Não pode ser esquecido jamais.

Muitas vibrações e também agradecimentos para nosso querido amigo Carlos Bernardo Loureiro, e nossa querida amiga Cristiane Amaral e todos os Espíritos que fazem parte do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro. Eles sim sempre nos esclarecendo e defendendo a pureza doutrinaria do Espiritismo.

Muitas vibrações e agradecimentos ao Grande Mestre de Lyon Allan Kardec!!

Viva, Viva Allan Kardec!!!!!!

 Excelente dia para todos nós!!!

 Alexsandra “ X “

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

Bom dia pessoal,

Muitos vivas ao Mestre Allan Kardec, hoje dia 31 de março data de sua desencarnação.

Temos muito que agradecer a este Espírito que deixou para humanidade um grande legado de conhecimentos, a realidade do que há de mais nobre em nós - a realidade do Espírito. Por ter desmistificado e esclarecido a perversidade que a religião perpetrou e continua.

Lembrando Bernardo - era para humanidade ter dado um basta e um ponto final na religião quando kardec lançou O Livro dos Espíritos. O que não aconteceu. Preferiram dar as costas novamente ao Espírito e aos princípios existências e hoje presenciamos uma humanidade decrepita, pessoas sem nenhum raciocínio, censo crítico e fé raciocinada.

Agradeço e muito a Cristiane Amaral e aos Espíritos que fazem parte do Instituto de Cultura Espirita Carlos Bernardo Loureiro por estar de forma digna, nobre e corajosa dando continuidade ao trabalho iniciado por ele Bernardo, trazido inicialmente por Kardec. Por defender a pureza doutrinaria do Espiritismo em uma terra tão ordinária como o Brasil e estar oportunizado a tantos Espíritos o esclarecimento e a busca de reparar nossas mazelas morais com a mudança de atitudes, o estudo e a luta constante para se melhorar e deixar de ser ruim, como tão bem sabem nos ensinar.

Muitas boas vibrações para você ALLAN KARDEC.

Muito obrigada Cristiane Amaral

Muito obrigada Carlos Bernardo Loureiro.

Rose Ornellas

 

Viva Allan Kardec! Este notável mestre! Que codificou esta bela Doutrina que é o Espiritismo!

Que com seu raciocínio organizado e criterioso, tanto esclareceu sobre os princípios existenciais. Tanto esclareceu o quanto é natural e importante se entender Espírito e entender o processo que é a mediunidade! Entendimento este que faz o ser discernir às suas dores, entendendo que são consequências de suas mazelas, e que também vivemos em um diuturno convívio com seres encarnados e desencarnados, e com isso, interagindo, interferindo e sofrendo interferência de outros psiquismos. Infelizmente muitos não querem saber da mediunidade e vivem situações terríveis, mergulhando no mundo das drogas legalizadas, e sendo manipulados por Espíritos que também não querem entender o real processo que é ser Espírito. E é por estar a cada dia me esclarecendo, que agradeço todos os dias, ter conhecido a Doutrina dos Espíritos codificada pelo Mestre de Lyon.

Agradeço sempre por poder trabalhar a minha mediunidade, iniciando com Carlos Bernardo Loureiro e hoje com Cristiane Amaral, seus fieis discípulos, que lutam sempre para afirmar a pureza doutrinaria do Espiritismo.

Um abraço a todos!

Cláudia Schultz

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

Homenagem Ao Mestre de Lyon – Allan Kardec.

Espírito sério, austero, determinado, forte e inteligentíssimo, reencarna a 03 de outubro de 1804, em Lyon na França, o Senhor Denizard Hippolyte León Rivail, como já havia sido anunciado pelo Mestre dos Espíritos – Jesus: “...E o Consolador, que o Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito.”

Aos dez anos interna-se no Instituto Pestalozzi  em Yverdun na Suíça , bacharelando-se em Ciências e Letras, já poliglota dominando a escrita e a fala do alemão, inglês , espanhol, italiano, holandês , além do francês sua língua mater.

Com o sonho de instaurar um instituto aos moldes do mestre Pestalozzi , Denizard regressa à França em 1824, como pedagogo e próximo aos vinte anos escreve seu primeiro livro – Curso de Aritmética para crianças . Após quatro anos escreve a segunda obra – Plano de uma Escola Graduada , segundo o Método de Pestalozzi.

Em 1826 inaugura o “Instituto Técnico Rivail” e após 2 anos lança outro livro – Plano para a melhoria da Educação Pública, submetendo seu projeto pedagógico ao Parlamento.

Ao longo do ano de 1831 publica mais 3 obras no campo da Pedagogia, que o torna consagrado na profissão que escolhera : “ Memória sobre a Instrução Pública”; “ Gramática Francesa Clássica de acordo com um plano novo” e “ Qual o Sistema de estudos mais em harmonia com as necessidades”, o qual lhe valeu o prêmio da Real Academia de Ciências de Arrás.

Em 1835, já havia contraído matrimônio com a adorável escritora Amélie Boudet Rivail , passa por dificuldades financeiras em função do vício de um tio, que fazia parte da sociedade do Instituto que fundara e se vê obrigado a laborar exaustivamente a fim de restabelecer-se.

Em 1854 surgem as sessões com as “mesas girantes” sendo apresentado ao fenômeno pelo magnetizador, o senhor Fortier, que lhe adverte pela segunda vez:” Temos uma coisa muito mais extraordinária; não só se consegue que uma mesa se mova , magnetizando-a , como também, que fale. Interrogada ela responde através de batidas”.

Denizard responde de forma cética e sensata:” Isto agora é outra questão! Só acreditarei vendo e quando me provarem que uma mesa tem cérebro para pensar, nervos para sentir e que possa tornar-se sonâmbula. Até lá , permita que eu não veja no caso mais do que um conto para fazer-nos dormir em pé.”

Ao mês de maio do ano seguinte , chamado à atenção pelo antigo amigo , senhor Carlotti referente aos fenômenos das mesas, fora também convidado pelo senhor Pàtier a fim de participar de reuniões na residência da Sra. Plainemaison , saindo convicto dos fatos , muito embora ainda não admitisse a interferência dos Espíritos. Compromete-se consigo mesmo aprofundar-se nos estudos , quando em agosto de 1855 passa a freqüentar as reuniões da família Baudin, na presença das meninas Baudin(médiuns), adotando a partir de então um metodologia científica investigativa, destinando às pesquisas, um fim útil. Perguntas relacionadas à filosofia, à psicologia e à natureza do mundo dos Espíritos eram realizadas pelo Mestre de Lyon , durante às sessões , o qual obtinha respostas precisas, lógicas e inteligentes.

À noite de 24 de março de 1856, o “Espírito de Verdade” manifesta-se , durante seus estudos através de ruídos e pancadas   para chamar a atenção do pesquisador quanto a um erro grave na trigésima linha de seus escritos.

Em 12 de junho do ano corrente o ”Espírito de Verdade” confirma o honrado convite através da mediunidade de psicografia da Srta. Aline Carlotti e apesar de haver sido alertado das dificuldades e ameaças que enfrentaria na sua importante incumbência, aceitou de forma convicta; dando por conclusa a sua primeira tarefa no final de 1856, os originais de “O Livro dos Espíritos”, os quais passariam por revisões. Assinado por Allan Kardec , pseudônimo revelado pelo “Espírito de Verdade” , de quando fora um sacerdote druida numa outra existência.

É publicado em primeira edição “O Livro dos Espíritos” em 18 de abril de 1857 e no ano seguinte fora lançada a Revista Espírita de 1858, instrumento laboratorial e de pesquisa espirítica indispensável  às obras da Codificação.  Neste mesmo ano funda a Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas – SPEE .

No ano de 1860 realiza a primeira viagem Espírita pelo interior da França, e no ano seguinte publica a obra  “O Livro dos Médiuns”. Em abril de 1864 lança “O Evangelho Segundo o Espiritismo” e em agosto de 1865 é levado a público o livro “O Céu e o Inferno”, obra esta que destrói os dogmas criados pela religião, principalmente o das penas eternas.

Apesar de haver sido alertado pelos Espíritos Codificadores, pressentindo a sua desencarnação, labora diuturnamente em prol do esclarecimento da humanidade e em janeiro de 1868 edita o quinto livro da Codificação – “A Gênese”.

Na manhã de 31 de março de 1869, o Mestre de Lyon sofre em sua residência, a ruptura de um aneurisma e desencarna aos 65 anos incompletos.

Uma  certa vez, assistindo à palestra da dirigente Cristiane Amaral do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro e os Espíritos da Casa fizeram uma pergunta extremamente dialética , como segue:” O que você tem a oferecer ao Espírito que lhe anima, nessa existência?” . Fiquei a noite toda a pensar o quanto  simples, mas ao mesmo tempo inquietante era essa questão. Hoje respondo com convicção . Construir referenciais  para o Espírito que me anima , através dos estudos kardecistas, exercer a mediunidade, participar das pesquisas, não como obrigação, mas com muito respeito, satisfação e com o sincero desejo de sempre querer aprender mais, convivendo e sentindo os Espíritos do Instituto do qual faço parte.

Presto essa digna homenagem ao Mestre Allan Kardec, na data de sua desencarnação, pela existência dedicada ao esclarecimento, às pesquisas dos fenômenos dos Espíritos, às Obras da Codificação, Revistas Espíritas , em prol do progresso da Humanidade, apesar de ser refratária ao Espírito.

É de causar revolta saber que um Espírito que animou Allan Kardec haver sido questionado quanto à sua seriedade e idoneidade não somente pelos contraditores da Doutrina dos Espíritos, a qual defendia exemplarmente e de forma inteligente, mas também e infelizmente por alguns membros da Sociedade a qual fundara, do mesmo modo que se procedeu com o dedicado pesquisador Espírita Kardecista Puro Carlos Bernardo Loureiro e a nossa querida professora, pesquisadora e amiga , fundadora do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro, Cristiane Amaral.

Marcos Lerner

 

Bom dia! Sempre fico muito feliz em momentos como estes, ler mensagens dignas ao mestre de Lyon que merece e muito o reconhecimento e gratidão de todos nós!!! E quando vejo todo tipo de gente encarnado e desencarnado sendo ajudado e esclarecido no Instituto faz-me ter ainda mais força nesta convicção que norteia minha vida! Agora, uma mulher que esteve no centro não soube reconhecer o trabalho dos Espíritos e, muito menos ajuda da mãe que também esteve se tratando, volta depois de 3 anos saindo do hospício, dado esta segunda chance ao chegar no Instituto nesta última segunda-feira, e ontem, 30 de março de 2016, já se alimenta , toma banho e decidi deixar de fumar e conversa de forma mais digna do que como chegou dopada . Sua mãe agradecida , mas antes estúpida em nada ajudou quando a menina precisava!! Sempre a porradaterapia ,tão bem definida pelo nosso querido Bruxão. Assim, lutem muito para ser dignos deste trabalho!!!  Cristiane Amaral

 
Seminário Perispírito PDF Imprimir E-mail
Qua, 06 de Abril de 2016 08:04

 Este seminário é ainda mais especial pelo livro ter sido estudado como tema no último seminário realizado pelo querido pesquisador espírita kardecista puro Carlos Bernardo Loureiro em 27 de julho de 2006.

É sempre uma honra estudar os livros deste notável pesquisador que fez e faz tanto pela doutrina espírita, doutrina esta racional, ciência e filosofia com consequências éticas, tão divulgada esta definição pelo mestre de Lyon Allan Kardec.

Este livro é o resultado de décadas de estudos e pesquisas diuturnas com os fenômenos espiriticos sejam eles anímicos e ou mediúnicos. Além de desobsessão onde as conversas com os encarnado e desencarnadors, convivia-se com a situação psíquica, reações e resultados do tratamento de desobsessão no corpo e fora do corpo.

Neste tratamento muitas obras foram construídas com o intuito maior de esclarecer as pessoas da realidade do Espírito, da mediunidade, da lei natural, dos princípios existenciais: A Reencarnação, Imortalidade e Comunicabilidade dos Espíritos entre o mundo corpóreo e incorpóreo e desmistificar os condicionamentos terríveis criados pelas religiões e suas seitazinhas que sempre imprimiram no Espírito o atraso, a estupidez, o niilismo e, claro, a lavagem cerebral com o massacrante fanatismo e suas hipocrisias. Como afirmava o querido Bernardo: “chega a ser atávica esta aceitação”.

Aproveitem este seminário para se esclarecer sobre o quanto somos responsáveis por tudo que ocorre com o corpo físico e o psiquismo a partir do estudo deste livro: Perispírito: Natureza, funções e propriedades.

Cristiane Amaral

(15/02/2016 às 14h50min)

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 11